24 setembro, 2009

Phalaenopsis


Nome: Phalaenopsis
Nome popular: Orquídea borboleta
Família: Orquidaceae
Origem: Indonésia, Filipinas e Austrália

Híbridos de Phalaenopsis amabilis tem as pétalas e sépalas brancas e o labelo varia bastante.
Estes híbridos são considerados como sendo planta de fácil cultivo dentro ou fora de casa, desde que o ambiente seja suficiente cálido (a temperatura noturna no inverno não deve cair abaixo de 17oC). Parecem gostar especialmente de substrato novo, mas devido à espessura de suas raízes que podem se danificar com facilidade, mudar seu substrato não é tarefa tão simples como parece. Precisa de boa ventilação, meia sombra ou sombra e umidade ambiental. Nunca deixe o substrato secar completamente mas certifique-se de que não há água estagnada nas axilas das folhas para prevenir o apodrecimento. O apodrecimento da coroa (parte central) é um dos piores ataques que estam plantas podem sofrer. Para se obter uma floração abundante, recomenda-se a aplicação semanal de uma fórmula balanceada de adubo (metade da dosagem indicada pelo fabricante), durante 3 semanas seguidas, na quarta, aplicar uma fórmula fosfatada. Na fase que antecede a floração pode-se aplicar as duas fórmulas em semanas alternadas.
Época da floração: Varia de acordo com a espécie e híbridos. Acredita-se que Phalaenopsis tenha aproximadamente 60 espécies e um grande número de híbridos (entre as espécies ou com outros gêneros) o que permite floração o ano inteiro.

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir