17 dezembro, 2012


Eu e as minhas meninas desejamos um Feliz Natal 
a todos, com muita saúde, paz, amor, dindin 
no bolso e que Deus continue abençoar as 
suas vidas e iluminado os seus caminhos!!
Até 2013

21 novembro, 2012

Nova floração da minha orquídea!!!

A cada ano ela solta lindos cachos de flores, 
os vizinhos param para ver e fotografar,
 e eu toda orgulhosa só aprecio!!
A foto de cima, elas durante uma chuva, elas adoram!




05 outubro, 2012

Baobá - Andasonia Digitata

Origens geográficas: África, do Sahel ao Transvaal, em zona secas de savana.
Dimensões adultas: Até 24 metros de altura, diâmetro do tronco podendo atingir 8 a 9 metros.
Folhagem: Caduca durante a estação seca.
Floração: No fim da estação seca ou mesmo antes das primeiras chuvas, muitas vezes antes das primeiras folhas.
Tipo de solo: De ligeiramente ácido a calcário, de preferência seco.
Clima: Temperatura superior a 12°C.
Exposição: Sol.

Um baobá na sua sala:
Coloque-o num local quente (temperatura miníma 12°C) e com bastante claridade, perto de uma janela. Há regiões onde é possível colocá-lo no exterior, a partir do mês de Junho até Setembro.
Regue-o generosamente quando o torrão de terra está seco. Pode esperar 1 mês até à rega seguinte. Continue as regas mesmo que o baobá perca as folhas durante o Inverno.
Pode deixar crescer o seu baobá como uma planta de interior transplantando-o num pote de barro de tamanho apropriado ou num recipiente de reserva de água.
O baobá transplanta-se de dois em dois anos:
- Pode as raízes por um terço do seu comprimento.
- Escolha um pote de terracota com buraco, de um tamanho superior.
- Encha-o com uma mistura de terriço (70%) e de areia (30%).
- Envase-o e regue-o.
Características e utilizações:
O baobá (Adansonia digitata) é uma das árvores mais úteis do Sahel. Por isso, a população protege-o e venera-o. Fonte de sombra e ponto de referência na paisagem, serve de local de reunião para os mercados ou outras manifestações.
As folhas ricas em cálcio, ferro, proteínas e lípidos, constituem um complemento alimentar muito útil.
fruto é vulgarmente chamado "pain de singe". A sua polpa permite a fabricação de bebidas refrescantes, ricas em vitaminas B1 e C.
As plântulas jovens e as suas raízes comem-se como os espargos.
As sementes negras que se encontram na polpa podem ser grelhadas e consumidas. Contêm mais proteínas que o amendoim e têm uma percentagem de lysine (ácido aminado indispensável ao crescimento) mais elevada que as leguminosas.
Na altura da subida da seiva, os camponeses extraem a fibras da cortiça a uma altura de 1,50 metro sobre toda a circunferência para confeccionar cordas.
madeira macia e esponjosa não é praticamente utilizada. Contem muita água, até 10.000 litros, nas árvores mais grossas. Em caso de seca, os homens e os animais mastigam-na para atenuar a sede.
As árvores mais velhas têm, muitas vezes cavidades naturais ou escavadas que servem como cisternas de água ou como celeiro para cereais e outras provisões, quer como refúgio ou local de sepultura.
O baobá é uma árvore muito resistente ao fogo e à seca.
Não se lhe conhecem muitos inimigos:
- As mais jovens são destruídas pelos animais ou pelo fogo,
- as maiores são danificadas pelos elefantes que partem os ramos,
- as mais velhas são fulminadas pelos raios, derrubadas pela tempestade.

Essa eu coloquei para germinar em fevereiro deste ano, mas só agora,
em 05/10/2012 que de seis sementes, somente uma brotou e eu vou 
ter que cuidar muito bem desta preciosidade, porque para fazer a 
semente germinar é difícil, você tem que colocar em água fervente, 
 numa garrafa térmica e deixar por 24 horas, após isso tirar da 
garrafa e deixar secar e lixar a semente até ficar mais clara a parte que 
se lixou, aí colocar de novo em nova água fervente e deixar por mais 
24 horas  e  após esse período plantar em terra vegeta e adubar com
adubo foliar a cada 15 dias. Aí se você der sorte ela brota após quase
8 meses, dizem que algumas sementes demoram anos para brotar.
Dei sorte!!!

Esse não é meu, é do proprietário do site:  www.planfor.fr, vou torcer para  a minha crescer...

FONTE: www.planfor.fr

Caliandra rosa


Eu coloquei para germinar em 30 de agosto e ela brotou no início
de outubro, eu adoro essa planta, vou ficar tentando até conseguir...rsss


19 setembro, 2012

Brinco de princesa - Fuchsia Hybrida






  Que planta mais linda, a minha toma sol pela manhã e não posso esquecer NUNCA de molhá-la senão ela fica muito tristinha e as folhas para baixo. 



  • Nome científico: Fuchsia hybrida
  • Nomes populares: Brinco-de-princesa, Agrado, Fúcsia, Lágrima
  • Família: Onagraceae
  • Categoria: Arbustos, arbustos tropicais, flores perenes
  • Clima: Mediterrâneo, subtropical e tropical
  • Origem: América do Sul
  • Luminosidade: Luz difusa, meia-sombra, sol pleno
  • Ciclo de vida: Perene

Flor símbolo do Rio Grande do Sul, o brinco-de-princesa ou fúcsia é uma planta que faz um enorme sucesso internacional. Possui muitas variedades, sendo que tanto pétalas, quanto sépalas podem ser de cores e de formas diferentes. As cores mais comuns são vermelho, rosa, azul, violeta e branco, com diversas combinações, sem mesclas. A ramagem é pendente, mas pode haver variações, com plantas mais eretas e outras mais pendentes. O porte também varia entre as cultivares, de forma que há formas arbustivas e outras de porte herbáceo.
Para ficar sempre bonito, o brinco de princesa requer boa iluminação, de preferência sob luz difusa ou meia-sombra, no entanto muitas variedades vão bem sob sol pleno. Mas um detalhe é unânime, as fúcsias apreciam o frio e portanto deve-se dar preferência para o cultivo no sul do país e nas regiões serranas. No paisagismo pode ser plantado isolado ou em grupos, atraindo muitos beija-flores. Algumas cultivares são próprios para cestas pendentes e ficam ótimas em varandas. O substrato deve ser bem fértil, enriquecido com húmus e composto orgânico. A propagação pode ser por sementes ou por estacas.
Fonte: Jardineiro.net




20 julho, 2012

Sedum Burrito


Eu passei a Sedum Burrito para dentro de casa com boa luminosidade pela manhã, pois achei que ela estava sofrendo no calor escaldante de Brasília na época da seca, ela está muito linda, dando flores direto, a delicadeza da flor é impar de um rosa vivo!!!













Esta planta tem uns 3 anos, está mais linda do que nunca!!! Meu burrito está enoooorme!

04 maio, 2012

Projeto Orquídeas nas árvores! Mais uma florindo!



Mais um ano passou e mais um ano ela me presenteou com lindos cachos de flores, como eu adoro a natureza, ela é tão perfeita!!!!

12 março, 2012

Misho de Jambolão - 01/2012



Ele cresceu bem, dei um podada pois estava com ferrugem, ele tá parecendo os ipês de Brasília, a maioria tem ferrugem, ainda vou perguntar a um botânico porque!!! Mas de resto ele está bem maior...................




Em 05/10/2012 - Ela cresceu direitinho, nem precisei podar drasticamente
pois ela está bem bonitinha e acho que proporcional 





Esse era um que eu achava que não ia brotar, peguei uma semente no chão, amassada de tanto pisarem que nem dava fé e não é que o danadinho é bonitinho!!!!!

Nome Científico: Syzygium jambolanum
Sinonímia: Eugenia jambolana, Syzygium cumini, Calyptranthes oneillii, Eugenia cumini, Myrtus cumini
Nome Popular: Jambolão, baga-de-freira, guapê, jamelão, jalão, azeitona, jambuí, azeitona-da-terra
Família: Myrtaceae
Divisão: Angiospermae
Origem: Índia
Ciclo de Vida: Perene

O jambolão é uma árvore frondosa, de porte médio e copa cheia, ampla, bastante ramificada. Pode alcançar 10 metros de altura. Suas folhas são coriáceas, lisas e escuras, com uma nervura central clara e saliente. Suas flores são hermafroditas, brancas ou amareladas, com longos e numerosos estames e reúnem-se em rácemos terminais. Os frutos são do tipo baga, pequenos e ovóides como as azeitonas verdadeiras (Olea europea), de coloração branca que gradativamente torna-se vermelha e posteriormente preta, quando maduros. A polpa carnosa envolve uma única semente.

De sabor doce, porém um pouco adstringente, os frutos são em geral agradáveis ao paladar. Apresentam o único inconveniente de manchar a pele e as roupas e, por ocasião da queda, veículos e calçamentos também. Por este motivo, esta bela árvore de sombra refrescante no verão, não é muito indicada para arborização de ruas, avenidas e praças, reservando-se seu plantio para parques maiores e sítios. Os frutos do jambolão podem ser consumidos in natura ou processados em compotas, licores, vinhos, tortas, doces entre outros.

Deve ser cultivado sob sol pleno, em solo fértil, profundo e bem drenável, com regas periódicas no primeiro ano de implantação. Árvore tipicamente tropical, o jambolão aprecia o calor e a umidade, com crescimento rápido a moderado. Multiplica-se por sementes.

Medicinal
Indicações: Diabetes, afecções gástricas e pancreáticas, diarréia, disenteria, hemorragias, espasmos, infecções, estimulante gastrointestinal, flatulência, afecções respiratórias.
Propriedades: Adstrigente, calmante, diurético, hipoglicemiante, antibiótica.
Partes usadas: Frutos, sementes, casca do caule e folhas.

Fonte: Jardineiro. net
Autor: Raquel Patro


Em 20/07/2012: Ele tem se desenvolvido bem! E adora um solzinho!!


10 março, 2012

17/02/2012 - Caliandra vermelha

Em 10/03/2012:

Em 20/07/2012: Olha como ela está linda, crescendo que é uma beleza, estou orgulhosa de mim mesma porque já tentei umas dez vezes fazer uma caliandra vingar e finalmente consegui!!!!

17/02/2012 - Caliandra Rosa

Em 05/10/2012 - Ela quase morreu na seca, mais ai eu fui molhando, molhando
e ela sobreviveu para a minha alegria. 

Em 10/03/2012
















Nome Científico: Calliandra tweedii
Nome Popular: Caliandra, esponjinha, mandararé, esponjinha-sangue, esponjinha-vermelha
Família: Fabaceae
Divisão: Angiospermae
Origem: Brasil
Ciclo de Vida: Perene
Excelente para formar cercas vivas e renques, a caliandra possui ainda o charme de suas florezinha felpudas. Vermelhas e com longos estames as flores da caliandra fascinam as crianças. Além de cercas pode ser plantada como planta isolada com podas regulares para estimular o seu adensamento.

Deve ser cultivada a pleno sol, em solo fértil, sem cuidados especiais pois é bastante rústica. Multiplica-se por estacas e sementes e é tolerante ao frio.

Autor: Raquel Patro


Em 20/07/2012: Essa cresceu muito bem, só que essa é vermelha, está linda!!!!


14 fevereiro, 2012

13/02/2012 - Flor Leopardo



Eu me surpreeendi com a beleza dessa flor, agora entendo
o porque do nome dela, só tem um porém, só dura um dia
e no fim do dia já fecha e de manhã cai o botãozinho seco. 








E a noite, ela já estava fechando... 

Em 20/07/2012: Precisou ficar no sol para brotar bem!!!



Em 10/03/2012:















Nome Científico: Belamcanda chinensis
Sinonímia: Gemmingia chinensis, Ixia chinensis, Belamcanda punctata, Belamcanda pampaninii, Paradanthus chinensis
Nome Popular: Flor-leopardo, lírio-leopardo
Família: Iridaceae
Divisão: Angiospermae
Origem: Japão e China
Ciclo de Vida: Perene


Planta muito rústica e florífera, a flor-leopardo dá um toque selvagem no jardim. Ela apresenta folhas verde-azuladas, achatadas e em forma de leque, muito ornamentais. A inflorescência surge de um longo escapo floral, e é composta de muitas flores de coloração amarela, alaranjada ou avermelhada, pintalgadas, como o felino que dá nome à planta.
Vedete de muitos paisagistas, é muito versátil e adapta-se a todo território brasileiro. Sua beleza é destacada em maciços, mas também pode ser cultivada em bordaduras e canteiros, assim como em vasos. A época de floração se estende por todo o ano, mas é mais abundante no verão.
A flor-leopardo não é muito exigente. Devemos cultivá-la sob sol pleno ou meia-sombra, em solos férteis e adubados com matéria orgânica. As regas devem ser semanais e a adubação pelo menos duas vezes por ano, para uma boa floração. Não tolera encharcamento. Multiplica-se por divisão das touceiras e através de sementes que germinam espontaneamente próximo à planta mãe.
Autor: Raquel Patro